Por Claudia Legonde

A cozinha é um ambiente que serve para a gente cozinhar, preparar alimentos, armazenar mantimentos, lavar utensílios e até fazer refeições rápidas. Por isso, as cozinhas devem ser funcionais, ou seja, devem cumprir com a sua função, e serem práticas para o dia a dia.

Os revestimentos utilizados nas cozinhas devem ser fáceis de limpar.

Para o piso, podemos utilizar porcelanato polido ou acetinado. Eu aconselho a utilização do piso acetinado, pois o piso polido fica mais liso quando é molhado.

DICA: Já que você vai gastar em argamassa colante e mão de obra, vale a pena investir um pouco mais e comprar porcelanatos retificados, que dão um acabamento melhor e os rejuntes podem ficar mais estreitos.


Para não aparecer tanto a sujeira no piso, eu indico a colocação de um porcelanato que tenha algum desenho, como por exemplo, um efeito de concreto ou um efeito marmorizado.

Se a sua cozinha fica integrada à sala, o ideal é que você utilize o mesmo tipo de revestimento do piso.

Eu aconselho a utilização de peças maiores, com menos rejuntes e mais lisas, ou seja, que não sejam rugosas atrás da pia e principalmente atrás do fogão, pela facilidade de limpeza.

Então você pode utilizar revestimentos decorativos mais detalhados em outras paredes da sua cozinha.

DICA: Outra dica bem interessante, principalmente para quem tem cozinhas integradas à sala, é que você não precisa revestir todas as paredes da sua cozinha. Apenas a parede atrás da pia ou do fogão, que são as que recebem mais respingos e mais sujeira, já são suficientes. E no restante das as paredes você pode aplicar a mesma pintura do restante dos ambientes.


DICA: Uma dica para economizar, você pode colocar os revestimentos de maior valor apenas nos locais em que eles apareçam, e no restante das paredes que vão ficar ocultas atrás de mobiliário sob medida, você pode utilizar um revestimento mais barato.


Para revestir as bancadas da cozinha, nós podemos utilizar pedras naturais, pedras artificiais, inox ou até mesmo porcelanato.

As pedras naturais, como granitos e mármores, eu aconselho que sejam de cores mais escuras, porque as cores mais claras tendem a manchar com o tempo.

As pedras artificiais, como por exemplo o Silestone, o Dekton e o Quartzo são vendidas em cores variadas e são muito mais resistentes do que as pedras naturais.

O inox é um material também muito resistente. É muito utilizado para revestir bancadas em ambientes hospitalares pela sua fácil higienização.

O porcelanato também pode ser utilizado para revestir bancadas de cozinha, mas ele precisa de uma mão de obra super especializada para que o acabamento nas quinas fique perfeito.

DICA: Você pode utilizar o mesmo revestimento da bancada estendendo-o até a parede, e utilizando uma rodabanca mais alta. Dessa forma, você estaria protegendo as áreas mais suscetíveis a respingos, e que necessitam de maior facilidade de limpeza, e aí nem precisaria colocar revestimento no restante das paredes.


Com toda essa variedade de materiais que podemos utilizar nas nossas cozinhas, temos que tomar o cuidado para que ela não fique visualmente cansativa, com uma desarmonia entre os materiais escolhidos. Eu sugiro, então, escolher um investimento principal, que será o destaque da sua cozinha, e escolher os outros revestimentos combinando harmonicamente com este.